Você já deve ter investido em um carro novo, seja ele 0 km ou não, certo? Se sim, imagino que, assim como eu, uma de suas primeiras ações ao adquirir o novo veículo foi procurar uma corretora para proteger seu patrimônio. Assim, seria possível garantir que nenhuma surpresa negativa traga perdas financeiras.

A conta é muito parecida quando você se pergunta sobre os motivos de adquirir um antifraude. Com a mudança no comportamento do consumidor e, consequentemente, o aumento nas compras online, cada vez mais os negócios precisam investir nesse mercado. E com isso, uma série de dúvidas sobre o que é importante surge.

Um investimento essencial e que gera impacto imediato em seu negócio é adquirir um antifraude. Se antes essa ferramenta era vista apenas como algo que atrapalhava a venda, hoje as plataformas antifraude para e-commerce são essenciais também na conversão.

Isso porque, além de trazer mais segurança e confiabilidade, elas também auxiliam na experiência do usuário. Atualmente, os consumidores querem mais agilidade durante toda a cadeia de suprimentos, seja no atendimento, durante o pagamento ou até mesmo na entrega do produto.

Para se ter uma ideia da importância de uma boa experiência ao usuário, uma pesquisa divulgada no início deste ano mostrou que a cada três pessoas que realizaram uma compra online em 2021, duas desistiram por conta de uma experiência ruim. Entre as principais alegações dos consumidores para a desistência estão alguns itens que poderiam ser resolvidos com um bom sistema antifraude: tempo de resposta longo, falta de credibilidade da empresa e site lento.

Antifraude auxilia na conversão

Calcular o retorno de investimento (ROI) de um antifraude não é tão difícil como se parece. Isso porque esse tipo de plataforma auxilia na conversão!

Quando falamos em aumentar a conversão, não podemos nos esquecer da importância de realizar uma análise robusta e competente, que traz todas as informações necessárias para a tomada de decisão. Se um negócio decide migrar para o mundo online para acompanhar o comportamento do consumidor, mas não se prepara para aquilo que vai enfrentar, ele será inviável em pouquíssimo tempo.

Rapidamente este comércio eletrônico terá de lidar com um chargeback alto – o que o enviará para o monitoramento das bandeiras – multas e, de quebra, gastos dobrados já que além de arcar com o chargeback, ainda terá de pagar a mercadoria que enviou para o fraudador.

Como citado por consumidores na pesquisa mostrada acima, o tempo de resposta e a lentidão também são fatores determinantes para que um cliente deixe de fazer a compra. Além disso, uma pesquisa recente mostra que os consumidores estariam dispostos a pagar mais para evitar problemas, e nesse quesito, a confiança na marca é fundamental.

Assim, ter um antifraude não é importante apenas para proteger seu negócio, mas também para alavancar as vendas. O antifraude visa garantir o equilíbrio entre maior conversão e aumento do faturamento, agregando valor ao negócio.

Experiência do cliente

E como vimos, os clientes cada vez mais querem agilidade, por isso, a importância de se escolher uma plataforma que faz todo o processo de aprovação online. A Legiti conta com a mais avançada tecnologia e utiliza Machine Learning para compreender quando uma transação se trata de uma fraude ou não.

Com cada vez mais dados vazados e informações de cartões de crédito disponíveis para os cibercriminosos, uma avaliação como a da plataforma da Legiti, que verifica não apenas os dados estáticos, mas também analisa o contexto de compra e o comportamento do usuário durante a transação, possibilita evitar chargbeacks e ainda não impactar nos bons clientes. Tudo isso, sem a necessidade de passar por uma mesa antifraude e em menos de três segundos.

Nossos clientes observam um aumento de 7%, em média, na taxa de aprovação e, ao mesmo tempo, reduzem em mais de 44% a taxa de chargeback.

Claro, o pool de métricas para calcular o ROI vai variar de acordo com o modelo e a maturidade de cada negócio, mas o chargeback segue sendo o principal algoz quando falamos de e-commerce. Por isso, é fundamental mesclar indicadores de saúde financeira com experiência do usuário – e quais danos a falta de um antifraude ou uma plataforma que não conta com o melhor da tecnologia vai lhe trazer.

Se seu negócio conseguir uma mescla entre a taxa de aprovação, as perdas evitadas e o chargeback, fica fácil calcular qual o retorno do investimento. Assim, é possível analisar o quanto a empresa está investindo e o quanto isso tem evitado em perdas para a companhia, demonstrando que o antifraude é essencial para o equilíbrio e o avanço dos melhores negócios.

Artigo escrito por Felipe Oliveira
Felipe Oliveira é jornalista apaixonado por futebol, mas decidiu levar os esportes apenas como lazer depois trabalhar na redação em uma edição de Jogos Olímpicos e uma Copa do Mundo. Formado também em Direito, desde 2019 aceitou o desafio de escrever sobre tecnologia e, em 2021, passou a atuar com o tema fraudes. No tempo livre gosta de assistir a jogos de futebol e matar a saudade da infância com canais de YouTube sobre games antigos.